Brincadeiras e brinquedos na creche: o que é permitido?

Brincadeiras-e-brinquedos-para-creche

Em um mundo onde as crianças estão cada vez mais ligadas aos brinquedos tecnológicos, as brincadeiras tradicionais e mais simples ainda são as melhores alternativas de lazer e aprendizagem.

Se você está pensando em abrir uma creche ou trabalha como educadora em uma, vai gostar deste post que nós, da Bestplay, trouxemos para você. Confira a seleção de brincadeiras e brinquedos, que são permitidas e que ainda estão dentro das normas do MEC. Vem com a gente!

Brincadeiras na creche

1. O mestre mandou

O educador irá escolher uma criança para ser o mestre, que irá dar aos coleguinhas algumas ordens simples, como “o mestre mandou fazer uma careta” ou “o mestre mandou pular de um pé só”. As demais crianças deverão cumprir as ordens. Ganha a brincadeira quem conseguir realizar todas as tarefas. Essa brincadeira é indicada para estimular a concentração e a coordenação motora dos pequenos.

2. Morto-vivo

O educador vai orientar as crianças a ficar uma ao lado do outra. Quando ele falar “morto”, as crianças devem se agachar. Já quando ele falar “vivo”, todos devem se levantar. Quem errar estará fora. O mais indicado é ir alternando os comandos e a velocidade para que os pequenos continuem interessados e animados. Essa brincadeira também é indicada para estimular a concentração e a coordenação motora da criançada, como a anterior.

3. Bolinha de gude

Jogar bolinhas de gude é uma das brincadeiras mais conhecidas por diversas gerações de crianças. A brincadeira possui várias modalidades, sendo as mais conhecidas as três covinhas e o triângulo. Ideais para brincar em pequenos grupos, as brincadeiras que envolvem bolas de gude são indicadas para estimular o raciocínio de estratégia e a cognição motora das crianças.

4. Pula corda

Além de estimular a coordenação motora, pular corda ajuda na interação e no equilíbrio da criança. Existem diversas outras modalidades de brincadeiras com cordas, como cabo de guerra, dança da cordinha e cobrinha.

5. Fantoches

Fantoches são excelentes para serem utilizados em contações de histórias e explorar a imaginação das crianças. Os educadores podem ensinar aos pequenos a confeccionarem os seus próprios fantoches para aumentar a diversão e o interesse da turminha.

Brinquedos para creche

Entre os brinquedos mais indicados para uma creche podemos destacar: ginásio de atividades, tapete de exploração, brinquedos musicais, gangorras (que façam os movimentos para frente e para trás), brinquedos de encaixar, móbiles, brinquedos que produzam sons ou movimentos ritmados, piscina de bolinhas, etc.

Procure sempre adquirir brinquedos mais seguros, como os de plástico, e que possuam o selo do Inmetro (obrigatório).

Manual Brinquedos e Brincadeiras de Creche

De leitura fundamental para proprietários e gestores de creches brasileiras, o Manual de Orientação Pedagógica Brinquedos e Brincadeiras de Creche, elaborado pelo Ministério da Educação (MEC), visa orientar os responsáveis pelas instituições a selecionar, comprar e utilizar corretamente os brinquedos, os materiais pedagógicos e as brincadeiras para construir uma educação infantil de qualidade.

Segundo a publicação explica, a brincadeira é a ação de brincar, sendo responsável pelo divertimento, independente de algum objeto em si. O brinquedo pode ser uma pipa, uma bola, uma boneca, uma simples caixa, pedrinhas encontradas no chão ou algo encontrado na natureza, como uma folha caída no chão. Tudo depende da visão da criança, auxiliada pelo estímulo do educador.

Leia na íntegra o Manual de Orientação Pedagógica sobre Brinquedos e Brincadeiras de Creche.

Gostou de ler o artigo sobre Brinquedos e brincadeiras na creche: o que é permitido? Você também pode gostar deste conteúdo: Brincadeiras de cordas: 5 dicas para os pequenos brincarem em grupo. Até a próxima!

Deixe uma resposta