Como fazer playground de madeira: dicas de brinquedos e organização do espaço

crianças brincando em um playground de madeira

Fonte: U Bed Room

Ter um playground equipado com brinquedos divertidos, em boas condições e que, claro, garanta a segurança das crianças é um grande atrativo – seja para escolas, condomínios ou mesmo no seu lar. E no caso de um parquinho de madeira, esse ambiente conta com cuidados na hora de elaborar o espaço e suas próprias características. Confira o que você precisa saber para fazer um playground de madeira!

Como montar um playground de madeira

Embora seja comum existir essa percepção, montar um playground de madeira não se trata apenas de escolher os melhores brinquedos. É necessário ter atenção com diversos outros aspectos, como a organização do ambiente, as medidas de segurança, respeitar as normas de elaboração do playground, a manutenção, entre outros.

Cuidados com a área:

Idealmente, o espaço do playground precisa ter equilíbrio entre três características: incidência de luz solar, nivelamento do solo e tamanho total. O melhor, claro, é contar com um local muito amplo, abrigado de luz solar nos horários em que as crianças brincarão e com terreno horizontal (sem desníveis ou saliências). No entanto, na maioria dos casos essa não é a realidade, por isso, prefira uma área que tenha solo apropriado para um playground e seja abrigada de luz solar. No caso dos brinquedos de madeira, também é importante evitar que eles sejam instalados em um ambiente com muita umidade, pois isso pode danificá-los.

Depois de decidir onde o playground ficará, é hora de estipular como será o piso! Essa escolha é muito importante porque trará impactos diretos não apenas na rotina de utilização do parquinho – ou seja, como as crianças brincam e quão seguras estão -, mas também na sua manutenção. Uma orientação geral para escolher o piso para playground externo é optar pela grama sintética ou materiais emborrachados (como o E.V.A.), que absorvem impacto e possuem manutenção fácil e barata.

Medidas de segurança:

Além de garantir que a área seja agradável e propícia para as brincadeiras, também é necessário estabelecer medidas de segurança para que os pequenos não acabem se machucando – e aí entram as normas da ABNT para playgrounds. A Associaç ão Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) estipula algumas medidas e características que precisam ser respeitadas na construção de um playground, seja ele de madeira ou outros materiais (embora cada um tenha suas diretrizes específicas).

Para os playgrounds feitos de madeira, a ABNT indica que eles sejam utilizados por crianças com idade a partir de 7 anos, pois esse material traz conforto, durabilidade e se adapta às características dessa faixa etária – crianças que precisam desenvolver suas habilidades motoras.

Outras orientações dizem respeito à confecção dos brinquedos, que devem ter um revestimento atóxico (que não cause reações alérgicas), acabamento liso, sem pontas nem lascas, e parafusos e pregos com proteção. Dessa forma, os pequenos podem se divertir e os pais ficam tranquilos sabendo que a saúde deles está protegida.

Os melhores brinquedos de madeira para playground

Levando em conta as orientações de segurança da ABNT, você já conta com maior facilidade na hora de escolher os brinquedos que são mais seguros para as crianças. Assim, é possível focar a sua atenção em encontrar os modelos que trazem mais diversão e variedade para os pequenos.

Juntamente com os clássicos que toda a garotada adora, como balanço, escorregador e gangorra, vale a pena também incluir outros mais modernos e diversificados, por exemplo, argolas, barras, balanços de pneu, entre outros. Uma forma mais prática e organizada de contar com tudo isso em um mesmo espaço é optar por brinquedos multiuso, que tenham mais de uma dessas funções. Nesse estilo, uma ótima opção é o Playground de Madeira Brinquelândia, que conta com mais de 10 brinquedos em um só e ainda possui uma casa panorâmica.

playground de madeira completo

A manutenção de playground de madeira

Esse é um ponto muito importante e que, não raramente, acaba sendo negligenciado. Realizar a manutenção nos brinquedos e também no piso do playground é fundamental, não apenas para garantir que tudo esteja em ordem e o espaço seja mesmo divertido para os pequenos, mas, principalmente, para assegurar que não há nada que possa ferir as crianças.

Para isso, realize inspeções diárias no playground prestando atenção no ambiente à procura de peças soltas, brinquedos que tenham saído do lugar e apresentem instabilidade e quaisquer outros elementos que possam oferecer perigo. Também tenha atenção com a higiene do playground, deixando-o limpo e organizado.

Já mensalmente ou, no máximo, trimestralmente é indicado efetuar uma inspeção mais aprofundada com o objetivo de identificar sinais de desgaste e de deterioração dos brinquedos, e, caso necessário, efetuar reparos.

Por fim, anualmente, faça outra avaliação do playground, mas dessa vez realizada por um profissional especializado (engenheiros e arquitetos); assim é possível identificar problemas que passaram despercebidos e ter total certeza de que o ambiente está em boas condições de uso. Neste post você tem mais dicas sobre como fazer a manutenção do playground.

Com essas dicas, você já sabe como fazer um playground de madeira divertido, com todas as brincadeiras que a criançada adora e a segurança que elas precisam; além disso, tem condições de manter o ambiente adequado por muito mais tempo.

Deixe uma resposta