Como montar um buffet infantil ou um salão de festas

buffet infantil com brinquedos

Fonte: Mãe na Real

Se você quer saber como montar um buffet infantil ou um salão de festas para abrir seu próprio negócio, veio ao lugar certo. Com a popularização desses espaços, principalmente pela praticidade que oferecem aos pais, o segmento tem crescido bastante e se tornou ainda mais lucrativo. Por isso, separamos tudo que você empreendedor precisa saber para abrir o seu negócio!

O que é preciso para montar um buffet infantil ou um salão de festas?

1. Trace um plano de negócios

Antes de passar para a parte divertida, é preciso montar um plano de negócios. Coloque no papel quais são suas metas e qual é seu orçamento para tirar esse projeto do papel. Considere a possibilidade de se tornar franquia de algum buffet já reconhecido, ou se terá sócios nesse investimento, por exemplo. Planejamento é tudo!

2. Encontre a localização ideal

Para conseguir dar início ao processo legal é preciso decidir a localização do buffet infantil. Busque por um espaço amplo, que esteja em boas condições de uso e segurança, que tenha uma copa ou cozinha (além dos banheiros, claro) e seja bem localizado. Estar perto de escolas infantis e próximo aos bairros de famílias de classe média e alta, as maiores consumidoras desse tipo de serviço, ajuda a trair um maior número de clientes.

3. Dê início ao processo burocrático

Para tornar o negócio legal, é preciso dar entrada em uma série de burocracias que envolvem o Registro na Junta Comercial, Registro na Receita Federal (CNPJ), obtenção de alvarás, entre outros. Por ser um processo bastante burocrático, envolvendo documentações e tudo o mais, é preciso contratar um escritório de contabilidade para auxiliar no processo. Assim, ficará bem mais fácil.

Como montar um buffet de festa infantil ou salão de festas divertido

4. Comidinhas de festa infantil

Estabeleça uma parceria com uma confeitaria ou padaria para produção de salgadinhos, doces e até mesmo o bolo. Caso o espaço conte com uma cozinha completa e seja de sua preferência, contrate uma equipe capacitada e prepare as comidinhas no próprio estabelecimento. O importante é dar aos contratantes do seu serviço a opção de encontrar no seu negócio tudo que a festinha da criançada precisará.

5. Playground para buffet infantil

Nem todos os buffets infantis contam com esse espaço, o que pode ser um fator decisivo para o sucesso (ou não) do negócio. Ter um playground para buffet infantil disponível no salão de festas, tornará seu estabelecimento mais atrativo e deixará os clientes mais satisfeitos com o oferecimento de um serviço completo, o que é muito importante para a reputação de qualquer negócio.

Aqui na Bestplay nós já preparamos um post completo só sobre Brinquedos para Buffet Infantil. Confira!

6. Equipe de funcionários

Além de garçons e alguém para recepcionar os convidados, é essencial que o lugar conte com monitores para ficarem de olho nos pequenos, sendo ideal que se tenha um monitor para cada brinquedo.

É comum que esse tipo de espaço conte com alguns funcionários fixos, como a equipe de organizadores e alguns garçons e monitores regulares, e o restante dos funcionários sejam contratados conforme a necessidade, sendo pagos por cada serviço.

7. Segurança

A segurança do buffet infantil deve ser levada à sério, tanto nas áreas com brinquedos quanto no resto do ambiente. É recomendado que o espaço de brinquedos seja feito de acordo com as Normas ABNT para Segurança em Playgrounds, assim, você minimiza os riscos de alguma criança se machucar.

Para o restante do espaço, é importante ficar atento a coisas pequenas:

  • Evite pisos que possam ficar escorregadios quando molhados. De preferência, use pisos emborrachados ou tapetes de grama em toda a extensão reservada aos pequenos, como área de comidinhas, mesas e etc.
  • Nada de quinas! Todos os móveis devem ser arredondados ou contar com proteções para que as crianças não se machuquem.
  • Os monitores contratados devem ser extremamente cuidadosos, nunca deixando os pequenos sozinhos, principalmente em brinquedos que envolvam altura ou que possam acidentalmente machucar alguém.
  • O espaço deve receber manutenções periódicas feitas por um profissional. Além disso, é importante que os organizadores e funcionários verifiquem a qualidade e segurança do espaço sempre antes das festinhas infantis.

8. Capriche na decoração

Por último, mas não menos importante: capriche na apresentação do seu salão de festas! Os investimentos podem ser feitos aos poucos, mas é importante dar bastante atenção à decoração do espaço.

Brinque com o lúdico e invista em cores alegres. Se possível, disponibilize diferentes tipos de decoração, com a criação de cenários e caracterização de personagens de acordo com a preferência dos pais e crianças. De repente, valha a pena manter uma parceria com algum decorador e até montar um catálogo com algumas temáticas que a casa oferece (mas, deixe claro que a decoração é personalizável).

Investir em uma decoração diferenciada ajuda o negócio a fazer sucesso. Além disso, é um dos fatores que influenciam e justificam um serviço com custo mais elevado.

Parabéns! Agora que você já sabe como montar um buffet infantil (ou salão de festas), está mais próximo de realmente abrir seu próprio empreendimento nessa área. Se você se atentar às nossas dicas, não terá erro. Boa sorte e sucesso!

2 Comentários
  1. oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

  2. Gostei muito do que li aqui no seu site.Estou estudando o assunto,Mas quero agradecer por que seu texto foi muito valido. Obrigado 🙂

Deixe uma resposta