Como montar um parquinho infantil completo: passos e dicas práticas

parquinho infantil completo

Fonte: Erivan Silva

Parquinhos infantis são os espaços onde as crianças passam boa parte de sua infância. São nestes locais em que os pequenos desenvolvem suas habilidades motoras e aprendem a socializar com outras crianças. Justamente por isso, todo o cuidado é pouco na hora de montar um playground para a criançada.

Criamos esse material completo que ensinará você a como montar um parquinho infantil com passos e dicas práticas. Confira!

1 – Antes de mais nada, considere a idade das crianças

É com base na idade das crianças que utilizarão o parquinho que você deve definir todos os pontos importante para montar esse espaço. Para cada etapa da infância, o playground terá certos cuidados. Afinal de contas, os pequenos que ainda estão aprendendo a andar possuem necessidades diferentes dos mais crescidos, que já possuem certa autonomia e discernimento.

O cuidado principal com relação à idade é com o uso correto dos brinquedos: alguns brinquedos exigem mais maturidade que outros. Assim sendo, caso muitas crianças de diferentes idades frequentem o local, estabeleça limites com placas que indiquem a idade adequada para cada brinquedo. Além disso, solicite que um adulto ou mesmo os responsáveis pelas crianças sempre fique por perto monitorando as brincadeiras!

2 – Escolha com cuidado o local onde será o parquinho

O local para instalar o parquinho infantil não pode ser pequeno em demasiado. Mas, em geral, vai depender de quantos brinquedos terão, o tamanho deles e o número de crianças que frequentará o espaço ao mesmo tempo.

O grande cuidado deve ser em deixar espaço para a circulação segura dos pequenos. Nossa dica é considerar, no mínimo, 60 cm entre um brinquedo e outro. Além disso é importante que o solo seja nivelado, para tornar o espaço mais o seguro possível.

Opte por um local aberto com certa exposição à luz do sol. Se possível, ter uma estrutura para receber cobertura é interessante pois permitirá que a criançada se divirta mesmo nos dias de chuva.

3 – Escolha o piso correto e seguro para o parquinho

É preciso cuidar da estrutura básica do seu parquinho antes de pensar nos brinquedos! O piso do seu playground não pode ser de concreto ou brita, pois aumenta os riscos de acidentes e machucados, já que quedas fazem naturalmente parte das brincadeiras.

O ideal para ambientes abertos é optar pela instalação de grama sintética. Com uma camada de amortecimento, chamada “Shock-Pad”, que fica entre o tapete de grama e o solo, a segurança para os pequenos aumenta. Além disso, a grama sintética tem fácil higienização: basta água e uma vassoura!

Já para ambientes totalmente fechados é interessante usar ou a grama sintética, ou placas de EVA. Elas são emborrachadas e possuem certa antiaderência própria. Por isso, evitam quedas, mas mesmo em caso de algum acidente acontecer o impacto será absorvido.

4 – Escolha o material dos brinquedos

Há 2 tipos de playgrounds mais indicados: os de plástico e os de ferro. Fatores como a temperatura do ambiente e a umidade do espaço precisam ser levados em consideração ao escolher o material dos brinquedos. Novamente, a idade das crianças é crucial para esta escolha.

Brinquedos de plástico

playground completo de plástico

Fonte: Bestplay

Os playgrounds de plástico costumam ser modulares e multifuncionais.

São perfeitos para locais com exposição solar e a intempéries relacionadas à chuva e à umidade, já que são secos facilmente com um pano de tecido. Eles possuem cantos arredondados e passam longe de parafusos e detalhes pontiagudos. Assim, é permitido o uso pelas crianças menores até os 6 anos de idade.

Brinquedos de ferro

gangorra de ferro

Fonte: Bestplay

Os brinquedos de ferro são bons para crianças maiores e mais autônomas.

Crianças a partir dos 7 anos já podem fazer uso desses brinquedos. O material é o mais clássico, tem suporte para diferentes tipos de peso e resiste bem às intempéries. No entanto, com o tempo, apresenta um desgaste natural, como descascamento da pintura e ferrugem, por exemplo. Além disso, os brinquedos de ferro costumam ser mais espaçosos. Por isso, para parquinho pequenos, nem sempre se adequam bem.

5 – Fique atento às normas da ABNT para playgrounds!

A Associação Brasileira de Normas Técnicas possui uma lista de orientações para garantir a de segurança dos pequenos na hora brincarem em playgrounds. As normas vão desde a inspeção dos brinquedos até a forma que eles devem passar pelas manutenções regulares. Todos estes cuidados servem para proporcionar maior qualidade ao parquinho infantil, por isso, considere-os sempre!

Confira as normas ABNT para playgrounds!

Agora que você possui todas estas dicas vai ficar muito mais fácil montar o parquinho ideal para garantir a diversão a criançada!

Quer algo mais simples para montar em casa? Saiba como montar um parquinho no seu quintal!

Deixe uma resposta