NBR 16071: Norma ABNT para a segurança em playgrounds

crianças brincando em um playground seguro

A diversão não é a única regra vigente em um playground de qualidade: segundo a ABNT, existe uma série de pontos a serem avaliados na hora de montar o parquinho dos pequenos. Desde o nivelamento do chão até a pintura dos brinquedos, tudo precisa ser feito com o máximo de cuidado possível. Com isso, surgiu a NBR 16071, norma vigente da ABNT em relação a adequação dos playgrounds de creches, áreas de lazer públicas, condomínios, hotéis e todo tipo de playground infantil.

Apesar de não ser uma regra obrigatória, a norma serve ajudar na hora da implementação do espaço, o tornando mais seguro e aumentando sua vida útil. Confira o que diz a lei e como montar um playground seguro segundo a NBR 16071.

O material faz toda a diferença

playground com material seguro

Segundo a norma, o tipo de material do playground faz toda diferença. É preciso levar em consideração as condições climáticas do espaço em que ele será instalado e o tipo de material, se ele absorve ou não calor, se é resistente e todos esses outros fatores. Brinquedos de plástico, por exemplo, esquentam muito e não são indicados para locais com intensa incidência solar. Brinquedos de madeira, por outro lado, não são muito indicados para áreas úmidas.

Além disso, o material de cada brinquedo também remete à idade indicada. Para as crianças menores, o mais indicado é o playground de plástico, tanto por segurança quanto para entretenimento. Já para as crianças maiores de 7 anos, a escolha ideal é o playground de madeira.

Brinquedos mais seguros

playground com brinquedos seguros

O playground precisa ser seguro para os pequenos. Por isso, é preciso também adequar os brinquedos do espaço. As superfícies devem ser protegidas com revestimento atóxico, os parafusos e pregos devem ter proteção e os brinquedos devem ser de acabamento liso, livre de pontas, lascas e outras saliências que possam machucar as crianças.

Atenção ao chão!

chão amortecedor para playground

Muitas vezes o chão do playground acaba não recebendo o devido cuidado, o que pode ocasionar diversas fraturas e outros machucados. Além de ser horizontalmente uniforme, o chão também deve amortecer impactos. Para isso, indica-se o uso de materiais soltos, como uma camada de 30 cm de areia ou o uso de pisos adequados. Nesse caso, os mais indicados são o piso emborrachado e o tapete de grama sintética, que além de amortecerem a queda são também uma solução mais bonita e higiênica.

Manutenção sempre em dia

crianças brincando em playground com manutenção em dia

A nova norma recomenda, ainda, uma manutenção detalhada do playground em diversos períodos do ano: diariamente pelas próprias mães ou síndicas do condomínio, que devem procurar por possíveis rachaduras, lascas, pregos ou parafusos soltos; e anualmente por um técnico responsável, que deverá realizar um laudo contendo todos os requisitos de segurança citados na norma. É importante ressaltar que somente esse laudo poderá comprovar a segurança do playground.

Deixe uma resposta