Playground de plástico ou ferro? Qual é melhor?

Menina brincando em playground

Além do entretenimento e da diversão para os pequenos, o planejamento de um parquinho infantil precisa ter a segurança como prioridade, não é mesmo? Afinal, ninguém quer que a brincadeira acabe em machucado.

Os materiais mais comuns de um playground são o plástico ou o ferro. Neste post vamos falar sobre as vantagens e desvantagens de cada tipo para você entender qual o melhor!

Playground de plástico

O playground de plástico é a opção mais moderna do mercado, tanto funcional, quanto visualmente. Esse é o material ideal para bebês e crianças pequenas brincarem, principalmente por ter uma superfície lisa.

Playground de plástico

Vantagens do playground de plástico

Antigamente era muito comum vermos playgrounds de madeira, que podiam ser perigosos por soltar farpas ou pregos. O plástico resolveu este problema e proporciona uma brincadeira segura mesmo para os mais pequeninos.

Além disso, falando da parte prática, o material é muito fácil de limpar e de fazer manutenção. Só o fato de não correr riscos de se partir já é uma grande vantagem, mas outra questão importante é a resistência a umidade e não acumula bactérias.

Desvantagens do playground de plástico

Quanto às desvantagens, vale ressaltar que os playgrounds de plástico não são recomendados para locais muito quentes ou onde o sol bata diretamente. Isso porque o material absorve muito calor e pode tornar a brincadeira desconfortável.

Também é essencial lembrar que o plástico não aguenta muito peso e, por isso, é ideal para crianças menores e não é recomendado para parquinhos públicos, onde não se tem esse tipo de controle.

Em resumo, é a melhor opção para o pátio de casa, onde apenas os pequenos possam frequentar e não bata muito sol!

Playground de ferro

O playground de ferro é o clássico dos parquinhos infantis, sendo o material mais utilizado para essa categoria de brinquedos há muito tempo.

Balanços para playground de ferro

Vantagens do playground de ferro

A principal vantagem dos playgrounds deste material é a sua resistência e durabilidade. Crianças e pré-adolescentes de qualquer tamanho e peso podem brincar tranquilamente, pois o ferro é muito resistente.

Diferente dos modelos de plástico, não há problema em ser escolhido para ambientes públicos. Além disso, a vida útil dos brinquedos é uma das maiores, já que é mais difícil que eles acabem se partindo ou cedendo. Ou seja, acaba sendo um investimento mais duradouro.

Desvantagens do playground de ferro

Apesar de muito duradouro, essa durabilidade depende de uma manutenção bastante rigorosa. Isso pode acabar sendo uma desvantagem, pois é preciso utilizar tintas e conservantes do material de vez enquanto.

Além disso, os playgrounds de ferro também não costumam funcionar muito bem em ambientes onde bata muito sol. O material pode acabar esquentando demais e causando desconforto para as crianças.

Se for exposto à umidade todos os dias, também pode acabar prejudicando a durabilidade dos brinquedos se o material enferrujar. Em resumo, o playground de ferro é ideal para locais fechados e crianças maiores ou pré-adolescentes!

Plástico ou ferro: qual o melhor?

Como você pôde perceber, os dois materiais têm vantagens e desvantagens. A questão é entender quais são suas necessidades.

Em geral, o playground de plástico é mais recomendado para crianças pequenas e parquinhos privados.

Já o playground de ferro é ideal para crianças maiores e parquinhos públicos.

E então, qual vai ser o material escolhido para o seu playground? De qualquer forma, conte com a Best Play para garantir produtos de qualidade e boas condições de pagamento.

Deixe uma resposta