Brinquedos para escola infantil: dicas de como escolher!

Parquinho com brinquedos de plástico e piso com grama sintética em ambiente escolar

Fonte: Arte de Crescer

Os brinquedos para escola infantil são de extrema importância para as crianças, indo muito além do divertimento. É brincando em espaços como playgrounds que a criança exercita a interação com os coleguinhas, aprende regras de boa convivência e também desenvolve seus sistemas motor e cognitivo.

Por isso, é importante que a escola tenha um espaço fora da sala de aula voltado para esse desenvolvimento. Mas sabemos que montá-lo exige umas série de cuidados, principalmente em relação à escolha dos brinquedos.

Por isso, separamos algumas dicas importantes para ajudar nessa escolha e garantir tanto a diversão como a segurança da criançada!

Antes de mais nada: planejamento!

Antes de escolher os brinquedos, é necessário entender o cenário em que eles serão usados. É preciso saber algumas informações importantes, como:

  • Qual a idade média das crianças?
  • Qual é o espaço que se tem para colocar os brinquedos?
  • Qual o tipo de brinquedo que as crianças da escola mais gostam?

Essas perguntas guiarão você para a escolha de brinquedos que realmente agradem a criançada e que, principalmente, sejam apropriados e seguros para a idade delas.

Escolhendo o material dos brinquedos

Esse é a primeira decisão, antes mesmo de escolher os brinquedos. Você deve considerar, acima de tudo, a segurança e, para isso, o material dos brinquedos deve corresponder à faixa etária das crianças.

Para os alunos de escola infantil, que costumam ter até 5 anos de idade, o mais recomendado é o plástico. As vantagens são inúmeras, pois:

  • não existem quinas perigosas, já que os cantos são arredondados;
  • não há superfícies cortantes à mostra, como lascas, pregos, farpas etc;
  • o material é leve, mas muito resistente;
  • não enferruja nem permanece úmido após chuvas (é possível secar facilmente);
  • pode chegar a mais de 15 anos de durabilidade;
  • o material permite fazer módulos para montar brinquedos versáteis.
Parquinho com brinquedos de plástico em ambiente escolar

Fonte: Erivan Silva

Os materiais como ferro e madeira são mais indicados para crianças maiores, que já têm autonomia para brincarem sozinhas e têm discernimento para compreender até onde a brincadeira é segura.

Sugestões de brinquedos para escola infantil

Agora que você já sabe o material, é hora de pensar nos tipos de brinquedos. Separamos algumas sugestões que sempre fazem sucesso entre os pequenos e tem inúmeras vantagens para o desenvolvimento das crianças. Confira!

1 – Playground com vários brinquedos em um só são muito versáteis e economizam espaço. Como o Polyplay Master – Xalingo ou mesmo o Polyplay Super – Xalingo!

Imagem com fundo branco mostrando dois playgrounds com vários brinquedos da marca Xalingo

Fonte: Bestplay

2 – Piscina de bolinhas e casinhas sempre fazem o maior sucesso e são ótimas tanto para áreas externas como para internas! Existem modelos maiores, como a Piscina de Bolinhas 1,50 x 1,50 e para os bebês, como a Piscina de Bolinhas Bebê – Mundo Azul.

Na imagem, fundo branco e, em primeiro plano, duas piscinas de bolinha infantis, sendo a da direita para bebês e a da esquerda para crianças maiores.

Fonte: Bestplay

Já na categoria casinha, o Chalé Royale Gold sem Cerquinha – Freso é encantador. Vai fazer a alegria das crianças com toda certeza!

3 – Brinquedos como gira-gira, cama elástica e trenzinhos e túneis também são uma boa pedida!

Dicas e cuidados importantes

Deixar um bom espaço para circulação entre um brinquedo e outro é importante para evitar acidentes. Ao redor do playground, em geral, é recomendado deixar em torno de 1,5 m. O piso também precisa ser específico para a faixa etária. Em geral, para crianças de até 10 anos, o material do piso precisa ter poder de absorção de impacto.

Ele pode ser:

Enfim, o importante é sempre que as crianças estejam seguras. Dos brinquedos para escola infantil aos pequenos detalhes do playground, escolha com atenção! E lembre-se: é indispensável a supervisão das crianças enquanto brincam nesse espaço da escolinha!

Deixe uma resposta