Como fazer um parquinho no quintal de casa

Parquinho em quintal de casa

Fonte: Oito Passos

Quem tem criança pequena sabe como pode ser um desafio mantê-las entretidas e se divertindo por muito tempo. Mas, quem conta com um quintal tem uma uma vantagem: pode montar uma área de entretenimento só para elas! E, para mostrar para você que é simples, neste post vamos ensinar como fazer um parquinho no quintal de casa com apenas três itens principais.

Mas, antes de irmos à eles, é bom lembrar de uma coisa: o piso do seu quintal! Muitas pessoas acabam se esquecendo, mas é sempre bom lembrar. Em um parquinho a segurança deve ser a preocupação principal, por isso a atenção com o piso é tão fundamental. Isso porque, como os pequenos vão correr, pular e brincar, é muito comum que acabem caindo.

Por isso, contar com um piso que ajude a amortecer impactos e que seja antiabrasivo, ou seja, não cause queimaduras na pele, é muito importante. Normalmente, são os mesmos pisos para playground, os pisos de E.V.A. e os de grama sintética. Isso, claro, se você não tiver um quintal com gramado natural. Ponto levantado, é hora de descobrir como fazer um parquinho no quintal de casa com apenas três itens!

Balanço

Nada mais justo que começarmos esse top três com aquele que foi (e ainda é) o brinquedo mais usado da infância: o balanço. Toda criança quer brincar de chegar mais alto e tocar o céu. A sensação de estar voando rechea a imaginação dos pequenos e lá eles podem passar horas. Por isso, na hora de montar seu parquinho em casa, coloque ele como prioridade!

Menino em balanço

Gira-gira ou Gangorra

Tanto o gira-gira quanto a gangorra são brinquedos que fazem com que os pequenos interagem entre eles e comecem a criar o senso de grupo. Primeiro porque o gira-gira chega um momento em que as crianças cansam de girar e alguma pede para parar, isso faz com que o respeito ao amigos seja consolidado. Depois porque, a gangorrar depende de duas pessoas em sincronia para funcionar, o que ensina aos pequenos a trabalhar em equipe!

Crianças brincando em brinquedo de plástico

Escorregador

E por último, mas certamente não menos importante, temos outro xodó de brinquedo, o escorregador! Uma das coisas mais legais é que grande parte dos escorregadores comercializados hoje vêm com outros brinquedos juntos, o que otimiza muito o espaço do quintal, principalmente se ele for compacto. Outra coisa legal do escorregador é que tem tipos específicos para cada idade das crianças. Por exemplo, se elas são pequenas, têm os mais baixo que são plásticos, se elas forem maiores, têm os de ferro, que são mais resistentes e igualmente duradouros.

Escorregador de plástico com brinquedos embutidos
Escorregadores de plástico e de ferro

Viu como é simples aprender como fazer um parquinho no quintal da sua casa, com apenas três brinquedos e muita diversão? Ficou com alguma dúvida ou quer nos contar que outro brinquedo você usou em seu parquinho caseiro? Então deixe seu comentário aqui embaixo e conta para nós!

Deixe uma resposta